Vou Cuspir no Seu Túmulo: Uma vingança sangrenta

Originalmente publicada na França em 1946, Vou Cuspir no seu Túmulo é um romance escrito por Boris Vian, o engenheiro, escritor, músico, cantor, compositor e ator, que faleceu em uma sala de cinema assistindo a adaptação cinematográfica de seu livro.

Cômico, divertido e cruel

Acompanhe a trajetória mortal de Lee Anderson, uma ascensão psicopática ao domínio da alta sociedade. Um rapaz sedutor, de caráter duvidoso e sedento para estrangular jovens adolescentes alcoolizadas. Anderson tem como propósito, se vingar. Uma vingança que transparece no desenvolvimento da obra, revelando as verdadeiras intenções do rapaz.

Uma narrativa sangrenta

Boris Vian faz uma narrativa detalhada de cada cena onde é impossível não imaginar toda a agressividade de Lee Anderson. Todos os personagens são descritos de maneira única, mas de acordo com opinião do protagonista.

Veredito final

capa-livro-eu-fa

Boris Vian nos apresenta uma história empolgante e imoral, onde acompanhamos Anderson o que nos faz sentir mal, como se fossemos cúmplices de seus atos de crueldade. Vale muito a pena participar deste Pulp Fiction alucinante e vingativo.

Felipe Amaral

Aspirante a game design, adepto ao culto lovecraftiano, amante de livros, games, cinema e HQ’s. Guarda uma cópia autografada do Necronomicon na estante.

Últimos posts por Felipe Amaral (exibir todos)

Felipe Amaral

Aspirante a game design, adepto ao culto lovecraftiano, amante de livros, games, cinema e HQ’s. Guarda uma cópia autografada do Necronomicon na estante.