Black Mirror: O espelho da realidade

O cinema, séries de TV e até mesmo a literatura são métodos habituais utilizados na desconstrução moral da sociedade, e a série Black Mirror segue exatamente esta premissa. Cada episódio implica em uma diferente crítica a sociedade. Conceitos abstratos que podem representar uma faceta mascarada no cotidiano humano.

Um reflexo inesperado

blackmirror_1

Inicialmente somos inseridos em uma atmosfera social derivada de conceitos realistas que com o tempo se tornam críticas diretas ao estilo de vida que levamos. Como influências políticas, o poder midiático e a futilidade humana diante da alta capacidade de comunicação. Geralmente, o universo de Black Mirror é guiado pela evolução tecnológica, que em cada episódio pode tomar um caminho diferente. Mas, geralmente muito parecido com a série. Além da Imaginação em que os personagens acabam cumprindo uma dívida com seu carma.

Veredito final

Não há muito o que dizer sobre a série, apenas que é uma maravilhosa experiência de reflexão pessoal. No quesito técnico, ela não deixa a desejar seja em atuação, roteiro ou fotografia, se tornando no fim uma obra completa em literalmente todos os sentidos.

Veja o trailer:

 

banner

Felipe Amaral

Aspirante a game design, adepto ao culto lovecraftiano, amante de livros, games, cinema e HQ’s. Guarda uma cópia autografada do Necronomicon na estante.

Últimos posts por Felipe Amaral (exibir todos)

Felipe Amaral

Aspirante a game design, adepto ao culto lovecraftiano, amante de livros, games, cinema e HQ’s. Guarda uma cópia autografada do Necronomicon na estante.