De volta a Stars Hallow – Gilmore Girls Um Ano Para Recordar

“Quanto tempo faz?”
“Parece que faz anos” 

Uma conversa bem humorada entre mãe e filha, com um número incrível de palavras pronunciadas por segundo. E assim retornamos a Stars Harllow nessa nova temporada de Gilmore Girls. Quase 10 anos após seu fim, voltamos ao universo encantador da série que marcou a vida de muitas pessoas, para saber como anda a vida de Lorelai, Rory e também Emily, nossas garotas Gilmore. Para quem acompanhou a série original, um reencontro com velhos amigos.

Enredo

Em Um Ano Para Recordar, encontramos nossas queridas personagens em diferentes momentos de sua vida. Emily lida com o luto pela morte recente do marido, após 50 anos de casamento, e as novas perspectivas que se apresentam. Lorelai encontra-se questionando a que ponto sua vida chegou, seu relacionamento, e para onde deve seguir agora. Rory passa por uma crise profissional, chegando a um ponto de sua carreira no qual deve decidir o que realmente deseja fazer, além de uma vida afetiva um tanto quanto complicada. Em torno disso gira nossa história, dividida em quatro episódios de uma hora e meia cada.

Elenco

Foi ótimo ver o retorno de praticamente todo o elenco original, foram poucos os rostos que não apareceram. Porém, pelo pouco tempo da série, alguns personagens acabaram por ficar um de lado, tendo pouco espaço para desenvolver seu papel na trama e mostrar a personalidade que tanto conhecíamos, como Lane (Keiko Agena) e Sookie (Melissa McCarthy). Vale destacar, no entanto, a atuação de Liza Weil, que num primeiro olhar parecia ser a Bonnie de How Get Away With Murder, mas só precisou poucas falas para enxergamos Paris Geller, como se nunca tivesse deixado de interpretar a personagem.
Dentre as protagonistas, grande destaque para a atuação de Lauren Graham, mostrou com sua incrível interpretação que Lorelai Gilmore é o papel de sua vida. Kelly Bishop também nos encantou com uma Emily muito diferente do que lembramos, ainda com sua personalidade forte, porém, com um novo olhar sobre a vida.

Relacionamentos

O relacionamento entre mãe e filha continua como um dos pontos fortes da série. A dinâmica entre Lorelai e Rory nos encanta mais uma vez, elas não são apenas mãe e filha, mas melhores amigas. O romance também esteve no ar, com lindas cenas de Lorelai e Luke, e ótimas brigas também (quem não ama as discussões deles?!). A vida de amorosa da Rory já é um pouco mais complicada. Temos a participação de todos seus ex-namorados, mas são dois deles que ganham destaque, firmando um paralelo com vida romântica de sua mãe na série original (Logan/Christopher e Jess/Luke). A vida de Rory como um todo, aliás, deve ser a que vai gerar maior conflito entre os fãs da série, devido as diferenças de comportamento entre a jovem de 32 anos do revival, e a adolescente certinha de 16 anos da série original.

Referências

A série original ficou conhecida por suas diversas referências a livros, filmes, séries, e a cultura pop em si. O revival não ficou atrás nesse quesito. Na nova temporada, a menção a grandes sucessos, antigos e atuais, continuou como uma característica marcante da série. Pudemos encontrar referências a Game of Thrones, Senhor dos Anéis, Poderoso Chefão, Livre (filme e livro), dentre muitos outros.

Desfecho

Chegamos ao final do último episódio, e tivemos as tão esperadas quatro últimas palavras (não eu não vou estragar tudo dizendo quais são). Porém, ao invés de um sentimento de conclusão, nos é deixado uma necessidade mais. Vários ciclos caminharam para conclusão satisfatória, porém outros foram abertos, deixando os fãs da série (incluindo esta redatora que vos escreve) ávidos por uma continuação, seja uma nova temporada, um filme ou um livro. Apesar de nenhum pronunciamento oficial, a criadora da série, Amy Sherman-Palladino, já deixou claro que uma continuação não está fora da questão, então vamos torcer.

Trailer

Thaís Torres

Publicitária que brinca de ser fotógrafa. Uma seriemaníaca, cinéfila e leitora ávida. Viajante na vida e no mundo da imaginação.